Indonesia – Bali/Ubud

Fala fiotada!!! Tudo bão??

Sei que esse blog anda beeeem instável. As vezes fico anos sem postar nada… Hoje eu entrei aqui para dar uma olhada nas coisas que eu tinha e notei que eu tenho pelo menos 6 posts escritos que eu guardei e nunca postei. Tem post de 4 anos!!! Gente, 4 anos!!! Acho que vou me organizar os colocar todos por aqui nas próximas semanas.

Varias coisas tem atrapalhado para eu escrever, já falei aqui… Trabalho, vida corrida, blá blá. Mas agora tem uma outra grande novidade: Vou ser pai! 😀 Quem sabe o futuro desse blog vai ser falar de paternidade? You never know.

Bom, apenas voltando ao atual foco que é viagens, fotografia e um pouquinho de cultura, vou falar de uma das viagens legais que fizemos e que eu nunca escrevi aqui: Indonesia. Acredite, essa viagem foi na virada de 2014 para 2015, mas até hoje eu não tinha parado para escrever… Juro que na verdade eu até nem lembro direito da viagem. Mas sempre acho que pelo menos mostrando, pode inspirar ou ajudar alguem a escolher a sua própria viagem.

Decidimos ir para a Indonesia com um foco: Descansar. Exatamente como eu falei para vocês, eu andava realmente muito cansado naquela época, e pedi a Lissa que nossa viagem fosse feita com o foco em descansar. Isso incluía não ficar pulando de uma cidade/país para o outro e sim escolher pouco e bons lugares e ficar relaxando. E assim foi…

Tinhamos em torno de 15 dias e combinamos de ficar em no máximo 3 lugares, então escolhemos: Bali, Lombok e Ilhas Gili (Gili Trawangan, para ser mais específico). Lombok parece deslocado e realmente é, mas era caminho para as Ilhas Gili, então decidimos passar uns 2 dias lá (no fim, não tinha nada demais e serviu apenas para uma coisa que falarei mais adiante).

BALI/UBUD

Bali é um lugar muito legal. Se você quer agito, balada, festas e doidera, esse é o lugar. Nós não estavamos planejando nada disto, então se você quer informações sobre isto, tá no lugar errado… rsrsrs

Ficamos em um hotel chamado Pertiwi Resort e não tenho o que reclamar… Um hotel simples, sem muito luxo mas que cumpriu o que prometia. Ele é enorme, e se tem alguma reclamação é que meu quarto era láááááá no fundo.  O Hotel é rodeado por muita natureza e tem um ambiente muito bom de estar.

Bali tem bastante coisa para visitar e para fazer. Alias, tem muita coisa para comprar também, se quiser de lembrança…

DSC_5161
Tem esses pintos mágicos de madeira. É um presente belo para levar aos amigos, né? Imagina ter um abridor de garrafa pinto? eheh Agora sem a frescura, lá eles valorizam muito a questão da fertilidade, e isso é representado pelo pinto.
DSC_5180
Deuses e demônios se confundem nas obras pelo país

Um dos principais pontos turístico da cidade é a Floresta dos Macacos (Monkey Forest). Ela é exatamente o que diz, uma floresta entupida de macacos. Como já tivemos nossos relacionamentos com macacos e não achamos que foi uma “life change experience”, passamos essa atividade.

Outro grande ponto turístico nessa região são os famosos terraços de arroz. Lá planta-se arroz em áreas montanhosas, então dá um aspecto muito bonito. Isso sim eu queria ver!

Por coincidência, enquanto estavamos lá, encontramos um casal de amigos que mora aqui em Moçambique também, o Jean e a Erika. Sempre bom encontrar gente conhecida em um local distante, né? O terraço que fomos chama-se Tegalalang Rice Terrace.

DSC_5209
Lissa, Eu, Erika e Jean (gaúcho, é claro)

No caminho pelo campos encontrei essa tiazinha que trabalha por lá. É uma figura característica da região que pelo que vi, deve ganhar mais dinheiro tirando foto com turistas do que realmente colhendo arroz, pois já encontrei ela em outras fotos pela internet na mesma pose eheheh. Note que ela até carrega um segundo chapéu junto com segundas intenções.

É um lugar muito bonito. Com certeza vale a visita.

Depois disso, nos mexemos para ir em outro lugar chamado Monte Batur, onde encontra-se um vulcão ativo. Na verdade fomos até um local onde podíamos vê-lo de longe, pois escala-lo, apesar de dar muita vontade, não é algo para alguem com a nossa preparação física.

É uma paisagem legal, mas na prática, foi apenas isso, nada demais. Acredito que se preparar para escalar e realmente fazê-lo deve ser MUITO mais interessante.

Tínhamos tantas outras opções de coisas para fazer, mas estavamos sempre pegando leve… Admito que as vezes dá um arrependimento, mas era realmente necessário.

Um das coisas mais legais que fomos fazer lá, foi um show cultural realizado em um templo chamado Ubud Water Palace. Esse lugar é muito legal pois cada dia da semana tem um show diferente relacionado a cultura local. No dia que fomos, teve um show de Joged Dance, o que eu a Lissa carinhosamente apelidamos de a “Dança dos Olhos”.

O motivo é um pouco óbvio, mas a dança é MUITO marcada pelo movimento e expressões dos olhos… O show acontece na frente do templo e foram varios sets dentro do show, cada um com um tipo de característica diferente na dança. Realmente achei muito legal.

O show é acompanhado por alguns músicos, que tocam um ritmo muito doido e que eu, como músico amador, tive dificuldade de entender onde começava e terminava. Mesmo assim, era mágico.

DSC_5486
No final ainda deu para tietar.

No final da noite, após jantarmos um restaurante que é na frente do templo (meio que anexo a ele), o palco havia sido desmontado e o templo estava muito bonito. Obviamente, aproveitamos para tirar uma foto.

DSC_5493
É um belo lugar, né? Ubud Water Palace

E assim encerramos nosso período em Bali/Ubud. Dai saimos e fomos em direção a Lombok… mas como tem muito mais coisas para contar, fica para o próximo, né?

Abraços!!

Tiago

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s