Ilha de Moçambique (Parte 2)

Ueba!

Continuando onde tinhamos parado no último post, a história aqui é sobre os arredores da Ilha de Moçambique.

Além da Ilha de Moçambique ser um dos lugares onde mais se pode aprender sobre a história do país e tem alguns dos pedaços de arquitetura mais interessantes das épocas antigas, esse lugar é rodeado por um mar maravilhoso, como grande parte do litoral Moçambicano.

Começamos por uma boa visão do hotel onde estávamos na Ilha, Villa Sands:

Além desta cena bonita, o por do sol do deck do hotel é muito bonito também:

Bom, isso foi apenas o que pude ver diretamente do deck do hotel, mas a graça e a grande beleza em termos de paisagem da Ilha fica aos seus arredores, onde você vai de barco. Como sempre, minha sugestão é, se possível, pegar um barco com motor. Eu sei, a paisagem é bonita e dá pra ficar observando o tempo inteiro de uma viagem com um barco a vela, mas eu acho que não compensa… Nesses momentos, acho que esse tipo de viagem, te tira mais tempo do que fornecer prazer e descanso.

Contratei o barco no próprio hotel e segui em direção de 3 lugares: Ilha de Goa, Ilha de Sete Paus e Praia de Carrusca/Chocas. O importante nesse momento é ver as imagens e tirar a sua própria conclusão.

No barquinho

Para os marinheiros de primeira viagem ou bocabertas como eu, caso tenha que ir caminhando até o barco no meio do oceano, não esqueça de usar chinelos para evitar pisar em um Ouriço do mar.

Destino 1: Ilha de Goa

Essa foi a ilha que foi o primeiro contato dos portugueses e se tornou ponto de referência para os navios que atravessavam o oceano até a Índia. Tanto foi que recebeu o nome em homenagem ao estado indiano de Goa.

A parte divertida é passear por uma ilha tão bonita praticamente sozinho…

Depois de conhecermos a ilha, fomos em direção a próxima.

Destino 2: Ilha de Sete Paus

Não me perguntem o por que do nome, por que ninguém soube me dizer. Mas essa ilha é a mais rasa de todas… O barco parou  pelo menos uns 50 metros longe da ilha e para chegar até ela só caminhando. Agora imagina a cena de eu caminhando no meio do mar, com uma mochila cheia de lente, celular e tudo mais? Mó desagradável… ehehhe

Indo até a ilha, tivemos alguma das paisagens mais belas que já vi em toda minha vida… Concordem abaixo.

Vai dizer?
Vai dizer?

Agora na ilha…

Agora indo embora da ilha… 😛

Deu para cansar, né? Esse caminho entre as duas ilhas, Goa e Ilha do 7 paus, foi com certeza a viagem de barco mais FODA que eu já fiz na vida. O motivo vocês podem ver claramente nas fotos….

Depois desse colírio para nossos olhos, fomos em direção ao terceiro destino, onde iríamos almoçar. Nesse próximo ponto, nem atentei tanto em tirar fotos pois eu tinha uma reserva marcada em um hotel dessa região para o dia seguinte, então estava mais preocupado em comer do que tirar fotos… Mas já dá para ter um noção de como é.

Destino 3: Praia de Carrusca/Chocas (Restaurante Carrusca)

Ao irmos para a Ilha de 7 paus, passamos pelo mar de Chocas, onde se confirmou o que tinham me falado de ser um dos mares mais bonitos de Moçambique. No dia seguinte a essa viagem, fui me hospedar em um hotel nesse lugar, e terei mais fotos desse paraíso no próximo post, mas para começar, já dá pra ter uma noção:

E agora?
E agora?

Depois, saindo da Ilha dos 7 paus, paramos nesta outra praia, onde almoçamos no resturante Carrusca.

Bom, eu tinha ouvido coisas muito boas do restaurante Carrusca, mas devo admitir que não curti muito a refeição lá não. De todos os lugares que comi na Ilha, o restaurante do Hotel Villas Sands foi a melhor escolha, na minha opinião. Dizem que este restaurante Carrusca também tem um hotel, é tipo um complexo. Para quem quiser ficar olhando para essa água o dia inteiro, é uma boa pedida.

Esse lugar confirmou o que eu sempre digo aos meus amigos. Moçambique é um paraíso não descoberto pelo turismo global ainda.  Pense em uma praia paradisíaca e pegue ela só para você e sua namorada/esposa, sem mais ninguém incomodando. É exatamente assim que me sinto quando vou para esses lugares em Moçambique. Para mim, Moçambique tem a mesma qualidade em termos de beleza natural que a Tailândia. TEM QUE APROVEITAR!!

Ainda vai faltar um post com o último destino na Ilha de Moçambique, que foi o hotel Coral Lodge. Logo farei um contando como foi a experiência por lá.

Abração.

Tiago

 

Anúncios

Um comentário sobre “Ilha de Moçambique (Parte 2)

  1. Mas está viajada,hein,rapaz ? E que fotos lindas ! Que bacana que a Vale está te proporcionando viagens (e morar ) em lugares bacanas assim ! 🙂

    Abração e bom final de semana !
    Ah,o seu Grêmio tem o Felipão de novo ! 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s