India – Agra (Taj Mahal)

Ah, o Taj Mahal…

Realmente só estando de frente para ele para entender o tamanho da grandeza e beleza desse lugar. É simplesmente um espetáculo. Além de ser lindo, beirando a perfeição na sua execução, possui uma linda história por traz… Espetacular.

O Taj Mahal foi construido entre 1632 e 1653 por mais de 20 mil homens a comando de  Shaz Janham, antigo imperador mogol, que o fez em homenagem a uma de suas mulheres (a preferida, Muntaz Mahal). A história desse lugar vem dos desejos, no berço da morte que Muntaz Mahal fez a Shah Jahan (ela morreu após dar luz ao 14o filho de Imperador).

Os 3 pedidos que ela solicitou que ele realizasse após sua morte foram:

1) Cuide bem de nossos filhos;

2) Não se case novamente (mesmo ele já tendo umas 20 esposas… vai entender);

3) Construa o mausoléu mais belo já visto.

E foi desse último pedido que nasceu o Taj Mahal. E ele levou o último pedido tão a sério, que quase colocou todo um império a falência com os gastos que teve com o monumento. Além de ter gasto praticamente todo o seu dinheiro, foi considerado “maluco” (devido a seus gastos excessivos e obsessão por sua falecida mulher) e acabou interditado por seus filhos e viveu o resto da sua vida no Forte de Agra, com um quarto com visão para seu monumento.

O que as pessoas muitas vezes não sabem, é o que Taj Mahal é um complexo de estrutuas, onde existem além do mausoléu principal, outros maosoléus para algumas outras esposas favoritas de Shah Jahan e alguns servos. Além dos maosoléus, existem jardins e mesquitas. Abaixo segue um mapa que peguei da Wikipedia:

Tajplan

Legenda:
1. Portal de acesso
2. Tumbas secundárias
3. Pátios
4. Pátio (esplanada) de acesso principal
5, Darwaza ou forte de acesso
6. Jabaz
7. Mesquita
8. Mausoléu
9. Minaretes
10 . Rio

Existe algo mágico no Taj Mahal que é a sua simetria. Absolutamente TUDO é igual de um lado e de outro. Nas fotos acima, que vocês podem ver na foto do forte de acesso que existe uma linha central, e na verdade essa linha central vai até o fim do Taj Mahal. Tudo no lado direito e esquerdo da linha são perfeitamente alinhados e bem feitos, é impressionantemente bonito e inacreditável de pensar em algo tão bem construído feito a tanto tempo atras.

A primeira vista
Tudo igual de um lado e do outro, seguindo esta linha central

Nós demos muita sorte no dia que fomos no Taj Mahal, foi um dos únicos dias sem neblina durante a semana e nosso guia, novamente, foi show de bola. Tivemos grandes momentos conhecendo e caminhando pela estrutura.

Existem alguns detalhes da construção que realmente valem a pena falar aqui:

– Os minaretes não são retos, eles são levemente inclinados para fora, para que em caso de terremoto, eles caiam para fora e não para dentro, destruindo o mausoléu.

– Existe apenas uma coisa no Taj Mahal que não é perfeitamente simétrica. A tumba de Shah Jahan, pois foi colocada após sua morte para dormir eternamente ao lado de sua amada. Aos romanticos isso prova que toda beleza, por mais bela que seja, tem que possuir um pequeno detalhe, um pequeno erro…

– Até hoje ele tem manutenção frequente, para garantir que continuará belo e limpo. Ele é sempre fechado na Sexta para manutenções e para rezas (tem as mesquitas, lembra?).

foto 3
Wide

De perto, ele se torna mais assustador pelo nível de detalhamento das suas paredes. Todo marmore é cravejado com pedras semi preciosas. Inclusive isso é uma especialidade daquela região, onde ainda dizem existir os descentes dos construtores do Taj Mahal que vende mesas e outros artefatos feitos com a mesma técnica do Taj Mahal.

Não é possível entrar no Taj com tênis e também não é possível tirar fotos, porém, dentro ele não parece ser tão impressionante quanto de fora, afinal, é um Maosoléu. Porém, quando você for dentro, peça para que algum guia ou alguém ilumine as pedras cravejadas no marmore. Escolha a pedra laranja… Você vai se impressionar. Como eu não tirei fotos dentro, aqui segue algumas que achei na internet

p69_20_17.tif
Achei essa foto panorâmica espetacular na internet.

Na verdade todo o lugar é cravejado, até as escritas são cravejadas. Uma das coisas mais legais sobre esse aspecto é que ele foram escritos com caligrafia proporcionada (diferentes proporções) para compensar a distorção visual da diferença de altura. Impressionante, vai dizer???

 

Depois de conhecermos a estrutura, nosso guia nos levou para ir ver o Baby Taj Mahal, uma estrutura que na verdade é mais antiga que o Taj Mahal, mas muito parecida com ele. Dizem que inclusive, serviu de inspiração para o Taj Mahal oficial.

Porém, o foco não era esse. O Sol estava descendo e o guia havia me informado que era possível ver o por do sol na parte de trás do Taj Mahal, então eu disse para ele que eu queria MUITO fazer isso. Todo o esforço valeu a pena, olhem abaixo:

Clique para ampliar
Clique para ampliar

Espetáculo, né?

Depois disso fomos visitar a feira onde dizem, estão os descentes dos construtores do Taj Mahal, onde eles vendem seus artesanatos. Vou te dizer, são FODA.

Com certeza é um lugar que não dá para perder, é único e vale cada momento gasto lá.

Até mais!

Tiago

Anúncios

Um comentário sobre “India – Agra (Taj Mahal)

  1. Lindíssimas fotos ! Ouví dizer na época da construção dele,era para ser feito um logo em frente,mas em cor mais escura,porque daí…era como se fosse um reflexo do outro. Ah,e que o imperador fez ele em amor à sua esposa….mas de fato,mesmo tendo um só,ou seja,a obra não tendo sido concluída,ainda assim,trata-se de uma bela obra ! 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s