RS & MG – Separados no nascimento?

Separados no nascimento?

Bom, como a maioria das pessoas que lê esse blog me conhece, acredito que sabem que eu sou Gaúcho. E depois que comecei a circular o país ou o exterior viajando, descobri que eu sou um exemplo típico de gaúcho: Sotaque carregado, orgulhoso das tradições, defensor das pessoas e do estado e tudo mais que uma pessoa bairrista poderia ter.

Na verdade, eu nunca havia valorizado a cultura gaúcha até sair do estado. Não que eu não admirasse a cultura e o meu estado antes, mas é por quê até eu sair dele, eu nunca tinha notado esses traços típicos do estado, e na verdade eu não conseguia enxergar o quão a cultura e costumes eram fortes até “compará-los” com os de outro estados. Compará-los entre aspas, por quê não comparar cultura, pessoas e comportamentos é algo quase impossível quando tu estás acostumado com algo que é padrão pra ti no dia-a dia. Acho que esse é o tipo de coisa que muitas vezes tu só nota quando sai da zona de conforto e quando não está em algum lugar onde isso é o padrão.

Por isso eu sempre defendi o intercâmbio, as viagens e tudo mais. Acho que até o momento de sermos o outro e vermos as coisas acontecerem em outro lugar, não sabemos o que as pessoas fazem de diferente, ou porque e como elas fazem diferente.

Pois então, depois de viajar pro centro do país e de vir morar em Moçambique eu ganhei um novo apelido na minha lista (já tive apelidos como: Maciel, OVNI, OVNIto…): Tchê. Alguém consegue adivinhar por quê? Tá meio óbvio, né?

Não teve como fugir. Alguém que fala Bah, Tchê, Tu, Tri, toma chimarrão quase todos os dias (mesmo em um calor e 50 graus), adora fazer Churrasco e acha que essas coisas já praticamente fazem parte da minha pessoa, não consegue esconder de onde veio. Os gaúchos são famosos por esse bairrismo exagerado e por acharem que o RS é o melhor lugar o mundo. O que é verdade, é claro! ahahhahahahah

Porém, tenho que dizer. Isso é não um mal só dos gaúchos… E a prova do que eu estou falando se resume em 2 palavras: MINAS GERAIS.

Uai, vai dizê que ocê nunca notou? Nem um cadim?

É IGUAL!!!!!!!!!!!! E eu vou provar para vocês escrevendo abaixo sobre diversos aspectos culturais que dizem ser características dos gaúchos e que eles tem igual… E eu estou falando com experiência de causa: Quase todos os meus amigos aqui de Moçambique são mineiros e eu estive em Belo Horizonte durante toda a semana passada para comprovar.

1) Sotaque

Preciso falar muito sobre isso? Mineiro tem um sotaque tão forte quanto os gaúchos. É só eles começarem a largar seus jargões que tu já nota de onde eles vem:

Aqui (para começar frases), Uai, Ocê ou (você) e falar sem conseguir terminar uma palavra (pouquin, bucadin, bunitin, fofin… e por aí vaí.

E vou dizer, eu acho legal dimais! Vou ter que dizer que ver as mulheres mineiras falando com esse sotaque é a coisa mais “linda” do planeta. ahahah

2) Mulheres

Ah, as mulheres… Noss sinhôra como são lindas.

Eu tenho que dizer… Eu considero que tenho um grau de exigência em relação as mulheres por que o RS tá lotado de mulheres lindas (as Miss Brasil comprovam isso). Mas admito que Belo Horizonte me surpreendeu. Todas a noites que sai por lá, encontrei mesas cheias de mulheres lindas, simpáticas e cheias de sotaque. E melhor que isso? Tudo um bando de bêbadas, que quando tu convida pra beber uma cerveja, elas preferem uma cachaça!!!!

Não é dimais?

Miss RS 2011 e Miss MG 2011 - Mesmo ambas sendo morenas, dá pra ter uma idéia...

Só aqui existe uma grande diferença, o RS é lotado de loiras e branquinhas devido a grande parte colonização européia (italiana e alemã). Já Belo Horizonte, existe uma quantidade maior de morenas. O que torna a coisa bem interessante em termos de diversidade.

3) Bebidas

3.1) Chimarrão (RS) X Café (MG) 

“Chá” quente no RS e Café em MG. Na maioria das vezes é “cafe com leiti”. É sempre assim, quando se visita alguém em MG sempre vão te oferecer um café. E quando se fala café, necessariamente virá acompanhado com QUEIJO e outras quitandas (alguém, sem ser mineiro, entendeu o que é isso?). Pois é… é assim, quando a ocasião não cabe tomar uma cerveja, os gaúchos tomam chimarrão e os mineiros, café.

Chimarrão (RS) X Café com Leite (MG)

Falando em cerveja…

3.2) Cerveja Polar (RS) X Cachaça (MG)

A cerveja polar é uma cerveja que só é vendida no RS e tem todas as suas campanhas focadas no bairrismo do estado. A Cachaça mineira é internacionalmente conhecida como uma das melhores do mundo. E todo mundo toma!!

Pra vocês terem uma idéia, no ranking Playboy de Cachaças de 2011, das 5 primeiras, 5 são de MG. (1- Anísio Santiago, 2 – Vale Verde, 3 – Claudionor, 4 – Germana, 5 – Canarinha).

Cerveja Polar e Cachaça mineira

4) Comida

Quem nunca ouviu falar de um Churrasco gaúcho e suas mais diversas formas de se fazer (Carne no espeto, Coração de galinha, Costela no fogo de chão, etc). E do tradicional Carreteiro?? Mas me diz, quem nunca ouviu falar do Pão de Queijo Mineiro? E da mandioquinha, Angú, tutu de feijão, feijão tropeiro ou do Frango com Quiabo? Pois é…

Enquanto estive em MG semana passada passei por um processo de engorda a base de pão de queijo. Foi foda!

Churrasco e Pão de queijo. Internacionalmente conhecidos.

5) Futebol

RS – Grêmio X Internacional : É considerada por muitos uma das rivalidades mais fortes do futebol brasileiro. No estado a disputa entre os times é uma questão de honra.

MG – Cruzeiro X Atlético Mineiro: Eu pensei que a rivalidade no RS era muito forte, mas em MG é algo absurdo também. As pessoas se mobilizam de uma forma pelo futebol que é impressionante. O povo vive seus times.

Cruzeiro e Atlético Mineiro - MG
Internacional e Grêmio - RS

Gaúchos quando saem do estado levam consigo uma bandeira do RS, os mineiros levam a bandeira de seu time de futebol. Assim como no RS, em MG as pessoas além de torcerem pelo seu próprio time com todas as forças, eles torcem contra o rival com a mesma força e intensidade.

Além disso, ambos os estados tem campeões da Libertadores, mas claro, nesse quesito meu querido estado está na frente, tá MG? RS 4 X 2 MG .

Grêmio: 2 (1983 / 1995)

Internacional: 2 (2006 / 2010)

Cruzeiro: 2 (1976 /1997)

Atlético Mineiro: On progress…

6) Cultural

Ambos os estados tem uma tradição voltada ao campo, com foco muito na fazenda, na agricultura, pecuária, etc. Uma tendência a viver a vida de uma maneira simples, valorizando as pequenas coisas.

E isso é algo interessante por que é valorizado e pregado por qualquer mineiro ao redor do mundo. Assim como o gaúcho, o mineiro carrega sua cultura junto consigo para onde ele vai. Tem orgulho de ter sotaque, de ter sua bandeira de valorizar a sua casa e considerar que o local de onde ele veio e nasceu é o melhor lugar do mundo. Mesmo conhecendo seus próprios defeitos, tende a não mostrá-los, pois isso é apenas um pequeno detalhe dentro de todas outras coisas boas que tem lá.

Ah, uma fazendinha...

7) Música

Ambos estados tem tradições musicais muito fortes, apesar de eu ter que admitir que nada se compara a força do Sertanejo. Hoje ele tá no auge de seu sucesso midiático, mas sempre foi um dos estilos musicais de maior sucesso no Brasil. A prova disso se encontra no número de discos vendidos e no faturamento dos artistas mineiros de música sertaneja. São disparados os músicos mais ricos do Brasil.

Um exemplo desta explosão é a cantora Paula Fernandes. É a cantora que vendeu mais discos no país. Ela também é exemplo de da beleza feminina mineira… (ah! já falamos disso!).

O RS tem uma música tradicionalista muito forte, porém não é espalhada pelo resto do país, porém é uma música muito bonita e típica. Uma dupla de música tradicionalista chamada Cesar Oliveira e Rogério Melo ganhou inclusive o prêmio TIM de música regional uns 2 anos atras. Os cara são loco de bueno.

Cesar Oliveira e Rogerio Melo & Paula Fernandes - Expoentes da música regionalista de cada estado.

8 ) Separatismo

Revolução Farroupilha (RS) e Inconfidência Mineira (MG). Ambos foram movimentos separatistas começados em seus estados com intuito de se tornar independentes. Ambos tem seus líderes (Bento Golçalves e Tiradentes) e até hoje refletem no dia-a-dia dos seus estados (Homenagens e feriados no RS em comemoração a data e a atual bandeira de Minas Gerais foi a idealizada durante o movimento).

Tiradentes (MG) e Bento Gonçalves (RS) - Figuras histórias de cada revolução.

9) Comportamento

Acredito que isso é uma constatação mais pessoal do que realmente histórica. Eu acho que os mineiros tem uma forma de se relacionar com as pessoas parecidas com os gaúchos. A pureza de relacionamento, as amizades geralmente fortes, pessoas muito acessíveis e sempre disposta a um bom papo na parceria tomando uma cerveja na sua ou na casa de qualquer pessoa que os convidarem. Isso é algo que na verdade mais me chamou atenção, pela facilidade com que as pessoas deixam tu entrar na vida delas, e de como eles lidam bem com isso.

Eu acho isso uma das coisas mais mágicas das pessoas. Considero que alguns amigos mineiros que fiz aqui, serão pessoas que levarei para o resto da minha vida exatamente por as cabeças e sentimentos terem se “pechado” muito bem.

Além de tudo isso, é uma questão de feeling sabe? O meu feeling diz que MG e RS são irmãos, ou quem sabe primos?! Mas eles são de uma mesma raça… Uma raça que valoriza sua história e seus valores e tentar manter isso ao decorrer do tempo mantendo a tradição aos jovens e aos velhos. Isso se chama orgulho e isso mantém a história de um país ou estado.

Assim como os gaúchos adoram estufar o peito para cantar o Hino Rio Grandense (Sirvam nossas façanhas de modelo a toda terra), os mineiros adoram e cantam orgulhosamente uma música do Cesar Menotti e Fabiano que virou quase hino regional e que tem a seguinte letra:

“É aqui que eu amo, é aqui que eu quero ficar, pois não há, não há lugar melhor que BH (Belo Horizonte).” 

E vou dizer pra vocês, hoje eu entendo perfeitamente o que eles querem dizer com isto.

Parabéns meu Rio Grande do Sul e Minas Gerais. Nós somos um povo e  uma cultura linda. Tenhamos orgulho de tudo o que vocês temos e criamos. Tenhamos orgulho em fazer parte de de colaborar tanto com a Ordem e o Progresso deste nosso único Brasil.

Tiago

Participação especial: Vanessa Bernardo e Alexsandro Cota.

Anúncios

12 comentários sobre “RS & MG – Separados no nascimento?

  1. kkkkkkkkkkk
    ai ovni, tu me mata! so tu mesmo…
    mas mto interessante!!
    agora, churrasco nao pode nunca ta nem brincando de “comparar” com pao de queijo, fala serio… hahahahahahahhahaha
    mas gostei mto de minas as vezes que fui la, e uma coisa acontece de diferente do RS.. la as pessoas sao de cara muito simpáticas, e isso é bem raro no RS.

    saudadeeee
    bejao

  2. Colega!! Mto legal o texto! Estou morando no estado de SP, e convivo com uma minerada mto tri (não sei se no resto do estado é assim, mas Campinas virou extensão de MG). Concordo plenamente que RS e MG tenham todas essas semelhanças… Mas temos que “reconhecer” que as qualidades gaúchas são em maior numero heuheuhe! Abraço, guri!

  3. Tiago, adorei o post! Não conheço muitos mineiros e nem infelizmente (ainda) MG, mas concordo com tudo do RS (especialmente que tu é um gaúcho tri dedicado às tradições do teu estado!) e adorei a parte de Mg, se tu diz, eu acredito! Estados irmãos ou primos! 😀 Beijos querido!

  4. Muito bom!!! Eu sou prova concreta de tudo o que você falou: sou mineira casada com um gaúcho. Eu sou Cruzeiro e ele é Inter. Ele tem cavalos crioulos e curte muito música gaúcha. De vez em quando vamos a uns bailes gaúchos e eu adoro dançar vanerão. Ele adora Minas Gerais e pretendemos ir morar lá daqui uns anos. Vivemos no Paraná, temos dois mineiruchos paranaenses, já rapazes, que torcem pelo Cruzeiro. Essa eu ganhei!!! rsrs A rivalidade em Minas é muito grande mesmo no futebol, igual ao Rio Grande do Sul, mas a diferença é que no Sul os times são parelhos, enquanto em Minas, vamos combinar, o atlético envergonha o estado, o Cruzeiro tem que fazer tudo sozinho, por isso a desvantagem!! hahauahauaha Minha amiga gaúcha de Santa Maria, Sabrina, gremista doente, me passou esse texto. Adorei!!!
    Aqui… cê “pricisa” voltar em Minas mais vezes, uai. Uma semaninha só é pouquin dimais!!!

  5. Sensacional !!!! Estavas bem inspirado no momento para lembrar de todos estes detalhes, talvez por isto quando voltar queiras ir a MG, não ???
    Parabéns pela forma da escrita, leve e muito gostosa…

  6. Ei Tche…bem q vc me disse mesmo sobre as comparações, é muito parecido mesmo!!
    Os mineiros(as) e gauchos(as) sempre arrasam uai guri!!!
    Ficou bão dimais seu textin…
    Bjoo

  7. Sou mineiro de coração e sim concordo as semelhanças e admiração entre os dois povos conversei com um gaúcho uma vez e me surpreendi ele estava doido para comer frango com quiabo é aí que passamos a valorizar as coisa mais simples, agora só um recado aos irmãos gaúchos vocês precisão conhecer mais Minas gerais vão se surpreender pois minas são varias.SOU CRUZEIRO ATÉ MORRER……………..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s