Saudade?!

Mas que tal?!

Tava eu aqui pensando sobre saudade.

Esses tempos tava pensando e falando sobre saudade e até me perguntaram se estava tudo bem, por que viram umas mensagem minha dizendo que estava com saudade do Brasil e do pessoal. Dai eu fiquei pensando: Tem como falar sobre saudade e não parecer ao menos um pouquinho depressivo?

Saudade é aquela coisa que cada um tem o seu tipo e quantidade, alguns tem mais outros tem menos. Eu, depende do momento que estou passando, e aqui em Moçambique eu tenho tido uma saudade grande e bem freqüente. Mas ela não é algo triste, de maneira alguma.

Eu sempre falei, e continuo afirmando, que apesar de todos poréns, adoro a experiência que estou passando aqui, quando falo que estou com saudade, não é para descarregar uma depressão profunda, o que eu quero dizer com as minhas palavras de saudade é que eu sinto falta das pessoas que “deixei” no Brasil e que gosto elas.

Quem me conhece sabe que eu sempre me dediquei muito aos meus amigos, e infelizmente, faz poucos anos que eu realmente aprendi a ter o mesmo tipo de dedicação com a minha família. Não tenho vergonha de dizer que aprendi a valorizar como deveria a minha família a apenas alguns anos. Motivos para isso? Ser imaturo em alguns pontos, ter conflitos e dificuldades de entende-los em outro, mas o que importa é que hoje eu sei o valor que ela tem e tento mostrar isso.

Mesmo estando a distância,  e pelo jeito como eu costumo tratar as pessoas, eu gosto de falar para elas que tenho saudades. Eu sempre fiquei feliz ao saber que alguém tinha saudade de mim, isso sempre me fazia bem, por isso tento replicar isso com os outros. É simples, é uma saudade com sentido de agradecer e lembrar a aqueles que sempre me fizeram bem, que eu lembro delas mesmo estando aqui.

Seguido me dá umas loucuras e decido ligar para alguns amigos(as) no Brasil apenas para um papo descontraído. Claro, quando a internet e o telefone deixam… Alias, viram como eu ando irritado com isso? Pois é, depois de 5 meses a paciência vai diminuindo… 😛

Eu juro que dava quase tudo (preciso dizer o que é que eu não dava?) para ir para o Brasil agora na virada do ano ver todo mundo. Mas decidi não ir, mesmo tendo tempo e dinheiro para isso. Decidi que como não sei quanto tempo ficarei na Africa (a princípio até Julho) quero conhecer o máximo que puder do continente e então irei investir o dinheiro que eu gastaria indo até ai para matar a saudade, em viagens por aqui.

Ao mesmo tempo que me dá uma dor em perder essa oportunidade de ir para o Brasil (essa será, com certeza, a única data que eu poderia ir até minha volta em Julho) pois poderia ver meus amigos e família, dar e receber alguns abraços e beijos, fico feliz em saber que irei conhecer alguns lugares que nem nos meus sonhos eu tinha pensado que iria ir. Passarei meu Natal na Ilha de Zanzibar (Tanzânia) e depois irei passar a virada do ano a beira do Lago Niassa (Malawi).

POR FAVOR, digitem esses nomes (Zanzibar e Lake Niassa) no Google e vejam com seus próprios olhos as imagens desses paraísos.

Em geral, é meio complicado lidar com solidão e depressão aqui em Moçambique, ou em qualquer outro país, e é muito fácil contraí-las. É raro tu ver alguém dizendo alegremente que acha “ANIMAL” estar aqui. Além de mim, conheço outros poucos e posso contar nos dedos de uma mão quanto são.

Tem gente que acha que ficar falando de felicidade e que está feliz longe de tudo e todos, passando as dificuldades que se tem quando se mora em lugar assim, é querer pagar de bonzão ou que é apenas uma pessoa tentando passar por bem, quando na verdade está muito mal.

Na verdade, acho que isso é uma coisa que depende de cada um, depende de com qual intuito e qual a “pegada” que tu estava quando escolheu vir para cá. Acredito que para tu ser feliz em um lugar como este, tu tem que realmente querer estar aqui. As dificuldades, infelicidades, tristezas e problemas fazem parte da experiência e tu tem que ter consciência disto. Se tu consegue entender e aceitar isso, tu consegue viver, pelo menos teoricamente, feliz.

Apesar de eu achar que uma parte da minha vida pessoal está de lado enquanto estou aqui, e também acho que tem alguma coisa diferente aqui comigo que eu ainda não sei explicar o que é, eu considero que sou feliz aqui. Falando com uma amiga que mora no Egito, descobri que é um sentimento comum do intercâmbio mesmo, ela sente o mesmo que estou falando aqui.

Se isso é auto-afirmação? Olha, pode ser que até seja, mas pelo menos me faz me sentir bem acima de todas dificuldades e problemas, e me faz aproveitar a experiência com uma visão positiva.

Falando em visão positiva, eu acho que em 2010, eu aprendi muito sobre visão positiva da vida. Foi um ano que me fez desenvolver uma visão excessivamente positiva (e quem sabe as vezes até trouxa) sobre a vida, relacionamentos entre pessoas e coisas do gênero. Isso foi excelente pois ajuda muito a gente a encarar com uma energia bem positiva essas dificuldades de estar longe. Porém as vezes ela pode te enganar um pouco, pois ser positivo demais te faz enxergar as coisas um pouco distorcidas, o que é um perigo. Mas nesses meses em Moçambique to conseguindo voltar a ponderar tudo e já voltei a enxergar os vários lados em seus diferentes aspectos (principalmente os negativos).

Voltando a saudade, eu tenho uma teoria que desenvolvi enquanto estou aqui em Moçambique. Dizer que está com saudade de alguém é uma terapia para quem está com saudade e quer ser feliz. Dá um alívio e faz a gente sentir que pelo menos tentou/tenta estar próximo dos que estão longe e isso faz a gente pelo menos um pouquinho feliz.

As vezes isso me incomoda, parece que estou vivendo uma vida aqui, e o coração está me outro lugar. Já pensei muito sobre isso, mas se eu realmente não estivesse sabendo ponderar isso, e seguisse apenas as vontades do coração, eu estava indo para o Brasil esse fim de semana para ver todo mundo. Algo que não vai acontecer! 😀

Ou seja, se a experiência em Moçambique me fez aprender a controlar bem as vontades do coração, significa que aprendi algo muito importante e todo meu esforço para estar aqui já valeu a pena.

Esse provavelmente será meu último post até 2011, já que como irei viajar, ficarei sem acesso a internet, apenas pelo celular e vou tentar usar ele muito pouco. Por isso: FELIZ NATAL E UMA BAITA VIRADA DE ANO para todos vocês. Eu não estarei ai perto de vocês para vê-los, abraça-los e beijá-los, mas estarei de coração (e levarei vocês para praia comigo! :D).

Pai, mãe, mana, amigos e amigas, EU TENHO MUITA SAUDADE de vocês, mas estou muito feliz aqui, não se preocupem. É uma saudade xucra, com cheiro de pasto e gosto de chimarrão. Ou seja, uma saudade bagual de macho do interior do RS! ahahahahahaha

Esses são os meus desejos e meu obrigado pra todos vocês que fizeram o meu ano de 2010 algo muito loco, e acima de tudo, inesquecível.

Tiago (em ritmo de mochilão!!!)

ps: Hoje fazem exatamente 5 meses que estou em Moçambique! YEY! 😀

Anúncios

18 comentários sobre “Saudade?!

  1. HEAHEAUHEAUHAEUAE

    puta merda, que saudade né.
    vou tentar tornar a minha saudade mais máscula assim como a tua 😛 tô muito barrinha.

    aproveita mto a viagem tu e a lee 🙂 e dps mostra mts fotos pra nós pq a puta da lilian obvio que nao vai mostrar nada aehuehauahe

    saudadesssssss ;****
    de ti e do brasil!

    e que venha 2011 😀 VAMO METE! haha

  2. Eu nunca estive numa situacao parecida e tao longe das pessoas que sao importantes pra mim, mas lendo tuas palavras, me senti da mesma forma! e pode ter certeza, os amigos sentem muita saudade por aqui também!
    Fico triste que a possibilidade de tu vir ao Brasil e ir na minha formatura tenha sido descartada, mas fico feliz por saber q estas aproveitando ao máximo e por tudo isso estar valendo a pena!
    beijos, boa viagem!!!
    TE CUIDA

  3. meu guri, saudade é a prova que o passado valeu a pena, seja todas as coisas que tu fez, com quem tu fez e como tu fez. Aproveita mais esses dias que tu tem ai na Africa pq é muito melhor tu voltar sabendo que aproveitou o máximo ai do que dar um pulo ligeiro aqui nesse ano novo e perder a oportunidade de ver como são comemoradas essas datas em outra cultura. Não te preocupa que até tu voltar a gente segura uma costela gorda e uma polar pra caso faltar, teu churrasco ta assegurado! hahaha Felicidades jaguara!

  4. AIeee SAUDADE! gigante!!!!
    Mas 2011 será certamente muitoo melhor que 2010 pra todos nós!
    E muitas coisas boas acontecerão, ai, aqui, em qq lugar, pq o que vale é a vida q a gente leva!!!!

    Orgulho desse guri, dessas palavras!!!! 😀

    Feliz natal queridãooooo e uma virada de ano espetacular pra nós!

  5. Xucrão!
    Post sensacional!
    Eu tenho uma visão de saudade um pouco diferente da maioria das pessoas, que se parece com a sua! Eu acredito que saudade pode ser positiva, afinal acho que ninguém tem saudade de coisa ruim, né? hahahahha Não acredito que saudade é sinônimo de tristeza.
    Sentir saudades quer dizer que vc tem alguma coisa/alguém/lembrança muito especial, que te emociona, que faz parte de sua vida. O que não pode é ficar parado nesse sentimento, triste pelo que passou, estancado no passado…Acho que não é ruim sentir saudades, e até chorar disso, mas ficar remoendo ou sofrendo pelo que não se pode ter/sentir não ajuda em nada.
    Prefiro não sentir saudades e estar londe daquilo/daqueles que amo, mas se é pra estar longe, que seja uma saudade feliz! 😉

  6. Que lindo texto! Que bom quando a saudades é uma coisa boa! Acho que a saudades só é ruim quando se trata de alguma coisa ou pessoa que não volta mais (ou até nem ruim, mas aquela saudade que dói pra valer), caso contrário a saudade só vem pra acrescentar na vida da gente e fazer com que valorizemos cada pessoa e cada coisa banal que nos rodeia. A saudades é só uma consequencia da distância, é só um detalhe perto de tudo que tu está descobrindo (e transmitindo muito bem através do blog). E sobre essa coisa de não saber bem o que está acontecendo consigo mesmo, talvez seja o tal do autoconhecimento. Àquele do “Na Natureza Selvagem” hehe. É meio louco mesmo :S Bom, era isso, parabéns pelos posts mais uma vez, beijo!

  7. Ô meu velho, é isso aí negrinho, quanto mais velha é a panela, melhor fica o tempero, e assim a gente caminha, as vezes aos trancos e barrancos, mas sempre nos tornando melhor e melhor a cada dia que passa. Tenho certeza tu estás aproveitando teu tempo aí. Essa sensação de período finito que tu relata sentir, tem um lado bom em geral, tu faz coisas que talvez não fizesse!

    E quanto a saudade, repito uma frase do Fernando Pessoa. “Todo cais, é uma saudade de pedra”. Portanto, quem navega por muitos portos e mares, vai estar sempre acompanhado!!

    Aquele velho abraço com soco nas paleta, feliz natal e um 2011 cheio de coisas boas, para todos os lados!

  8. Certo que tu anda pensando em dar o rabo aí! hahaha
    Não te mixa meu guri… não deixa os caras abusarem do teu corpo em Zanzibar!

    Bom natal pra ti também meu caro…
    E um ótimo 2011 pra nós \o/

    Abração

  9. poxa vidaaaaaaaaaaaaaaaaaa
    pobre bicho!!!
    pobre bicho nada, vai passar o fim de ano em lugares mto belos.
    me leva?
    kkkkk
    fica bem ae ta?!!!
    felizzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz nataaaaaaaaaaal
    e ano novo tbm!!!!!!
    tu sabe que desejo tudo tudo de bom, mas essa manhã nao acordei muito melosa com as palavras haeuishuiaehaiseuhuiseae
    meu queridoooooooooooooooooo
    beejooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo
    (L)

  10. Galo cinza!

    Congrats pelos 5 meses primeiramente! A primeira vez longe de “casa” é sempre uma vitória pessoal periódica, e na Africa é justo ser medida em meses! eheheahaehae
    Só tenho uma dúvida: quem vai fazer a parceria de bebum na areia do meu lado esse ano ?!?!?! heaaehaeheahaehaeheaheaheahea
    Aproveita ai q a gente aproveita aqui e quando voltar a gente “se conversa”!

    bjos

  11. Queriiiidoooo!!!

    Saiba que a gente também tem muita saudade de ti! Mas é uma saudade boa, de estar feliz por ti! De saber que, por mais que quisesse voltar antes da hora pra matar a saudade, vai aguentar um pouquinho mais pra poder aproveitar mais intensamente a tua experiência aí! E cada dia feliz que tu passa aih, mais prazer teremos em te receber de volta, cheios de orgulho desse amigo que superou as dificuldades para realizar o sonho que todos temos de estar nesses lugares paradisíacos, através de ti!
    Aproveita MUITO o teu natal e virada do ano nesses lugares maravilhosos! Tira muitas fotos! E depois nos conta tudo de legal que viu e viveu por lá!
    Beijoooooooooos!!!

  12. O Pablito é sempre tão sensível, fico impresisonada… huahihauaihuahiah
    Qeu bom que as saudades são boas, Xucrão!! Vive cada pedacinho dos sentimentos que aparecerem mesmo. Todos fazem parte pra experiência ser bem vivida =D

    Beijão! Feliz Natal! E Feliz 2011

  13. Dale!

    Ow, eu joguei no google, vc tá indo para uns paraísos né? Oo
    Animal, aproveita, tira uma penca de fotos e manda depois!!!

    Gostei muito dessa reflexão sobre saudade, e é bom sempre saber que tu tá bem meu caro.

    Aquele abraço!
    Feliz natal, e feliz ano novo!!!

  14. Grande Tiagão!!! Tchê, fiquei emocionado, como sempre, ao
    ler seus relatos…..juntando tudo isto um dia pode dar um livro,
    né!!! rsrsrs Grande abraço meu velho e Feliz Natal e desejo um 2011
    com muitas aventuras e posts novos!!!!

  15. Oieee, td bem?
    Ainda não tinha visto esse post e sabe que ele me tocou muito, por vários motivos:
    1 – você está aqui em Mocambique exatamente o mesmo tempo que eu, voce pegou um vôo um dia antes que o meu, e eu nem sabia disso! uahauahua
    2 – eu sinto a mesma saudade que você sente, uma saudade boa, que não me faz mal, queria sim é que as pessoas que eu gosto pudessem ver de perto como estou feliz e bem por aqui e o quanto essa é uma boa oportunidade, queria dividir cada boa experiência que passo aqui com eles, mas como estou longe, me resta pensamentos bons sobre as pessoas que estão longe.
    3 – eu sei que Mocambique tem seus pesares e apesares, mas eu queria estar aqui, quero continuar, quero aproveitar, gosto daqui, e gosto de quem eu sou aqui, acho que isso me faz ter ainda mais vontade de continuar aqui, já adiei a minha passagem uma vez e to pensando em adiar de novo, pra ficar até julho, como você! hehe
    4 – gosto do jeito que você escreve

    Acho que chega de motivos né?! Já está de bom tamanho. Ainda não te conheco bem o suficiente, mas já sei o quanto 2010 foi bom pra eu poder conhecer pessoas com o seu pensamento, seu modo de ver e viver as coisas da vida e a oportunidade de conhecer essas pessoas em outro lugar do mundo, talvez no nosso país, nunca me esbarraria com elas, com você. Então um ótimo 2011 pra você e que esse novo ano continue sendo muito bom.

    beijos

    Obs.1 – estou sem cedilha neste computador, não ligue.
    Obs.2 – Tá vendo que quando eu quero até escrevo bastante, como você! hehe

  16. Feliz Ano novo!!!! Adorei esse seu post! Sentir saudades só
    mostra que temos algo especial para voltar mas não quer dizer que
    não estamos felizes! Não esqueça de botar as fotos das viagens!!
    bjão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s