Lobisomem no Songo

E ai minha gente, tudo bueno?

Novamente aqui estou eu pra contar minhas experiências aqui na África. Diferente do post anterior que não teve um foco tão fotográfico, este terá. Neste post vou contar um pouco da minha viagem para o Songo, município aqui da Provincía de Tete. Essa viagem foi muito legal, pois além da viagem até o Songo ter sido muito interessante e a parceria com o pessoal ter sido bem forte, o lugar é lindíssimo.

Mas antes de tudo, queria falar da viagem. Fomos pro Songo de carro, é em torno de 150 km daqui e pegamos algumas pessoas que tinham carro e alugamos outro para ir. No caminho até lá, foi muito interessante ver a paisagem. Além das diversas paisagens lindíssimas por todos os ângulos, durante a viagem tu vê de tudo pela estradas, desde pessoas carregando de tudo, até venda de tudo que tu puder imaginar. Vou deixar que as fotos mostrem pra vocês. (Grande parte dessas fotos foi tirada de dentro do carro em movimento mesmo, então algumas tem painel e reflexo do vidro… Desculpe! :))

Indo para o Songo. Estrada em meio as vilas.
Vilas - Atenção nos detalhes.
Vilas na beira da estrada.
Vilas - Atenção aos detalhes.
Ow perigo essas crianças ai na beira...
No caminho...
No caminho...
No caminho. Incrível a capacidade dessas mulheres de carregar coisas GIGANTES na cabeça (no caso aqu, carvão). (essa ai é MUITO pequena perto do que eu já vi...)
Carvão a venda. E tchês, esse carvão no RS fazia um sucesso. Paga um fogo que deus u livre!
Para estratégica para olhar a paisagem. Eu, Bruna, Gibba e Lúcia.
Pessoal do outro carro junto.
A vista... clique para aumentar.

A cidade de Songo é uma cidade muito legal. Ela é mais ou menos planejada, então as construções, ruas, e tudo mais são bem organizadinhas. Tudo parece bem bunitinho e planejado. Me senti muito bem nela e achei a cidade muito aconchegante. Com certeza ela é BEM diferente de Tete. Acho que gostaria muito de morar lá… ehheheh

Rótula 1 - Monumento 1
Rótula 2 - Monumento 2
Muro decorado com fotos da cidade e da barragem.

Chegamos lá e saímos direto pra almoçar, afinal, chegamos lá 13h30min e eu tava verde de fome. Para almoçarmos fomos a um restaurante num Centro Social. Cara, FOI UMA DELÍCIA! Eu comi uma Lula frita, deliciosa! O pessoal em geral pegou algumas coisas da água também… Aqui dá pra ter uma noção do tipo de refeição maravilhosa que pode se ter em lugares com bastante água pelas redondezas. Come-se bem e barato.

A entrada do restaurante
Lugarzinho relaxante pra sentar e beber uma cerveja.
Isso estava uma MARAVILHA! Lula assada/frita, meu prato preferido aqui. O acompanhamento clássico de MZ, batata frita.
Popó mostrando a belezura!
Esse é o menor camarão que tu encontra aqui. Tem cada um maior que outro. Coisa impressionante!
Essa foi uma véinha muito louca que encontramos lá e bateu um papo rápido com a gente. Olha que figura!

Para ficar lá, alugamos umas casinhas bem simples mas bem confortáveis. O lugar foi realmente tão legal, que passamos a noite toda do sábado lá. Pedimos uma comida, compramos cerveja e passamos a noite toda ouvindo música, bebendo cerveja e papiando sobre qualquer assunto que aparecesse.

Nossas casinhas lá no Songo. Legal né? Lugarzinho muito bom pra descansar e agitar ao mesmo tempo.
Tinha até esse espaçinho pra agito, mas acabamos não usando.
Agitos na noite. Grandes parcerias. Gibba, eu, Jorge.
Festinha noturna.
Mais festinha!
Não me perguntem o que foi isso...
Já na madrugada! A Bruna tava em alfa durmindo!
Agora sim mostra o nível que chegou a noite! eahueahuehuaeahu

Uma coisa muito interessante que já aconteceu diversas vezes aqui em Moçambique, só que dessa vez eu registrei, é o relacionamento que acabamos tendo as vezes com as crianças que estão pela rua. Eles tão sempre perto da gente pedindo algo, mas em geral são todos muito queridos e educados que a gente acaba ficando amigos de alguns. Ali no Songo, de manhã cedo (no domingo) eu estava sentado na varanda tocando um violão quando as crianças começaram que passavam pela rua começaram a dançar. Assim que eu vi, comecei a tocar para eles e eles ficaram olhando, depois resolvi me reunir com eles e fiquei cantando e tocando algumas músicas brasileiras. O auge do agito foi quando eles aprenderam a cantar comigo a música “Lobisomem do Arvoredo” do Mano Lima. Foi o máximo.

"U lobisomem do arvoredo... Todo mundo tinha medo..."
Depois recebi uma backing vocal, a Lúcia.

Assim que vimos que estavamos bem ensaiados, resolvemos fazer nossa primeira apresentação. Na noite anterior o Gibba havia chapado o côco de uma maneira absoluta e tava até aquela hora lá durmindo acabado. Resolvemos ir todos lá acordar ele com uma serenata cantando Lobisomem do Arvoredo. O resultado você vê abaixo:

Essa música virou um clássico nas nossas rodas de violão. Todo mundo já sabe cantar! ahahahah Internacionalizando a bagualisse gaúcha!!!! Coisa bem linda!! Em homenagem a semana farroupilha que vem vindo…

O Songo é internacional conhecido por hospedar a Usina Hidrelétrica de Cahora Bassa, esta que criou o quarto maior lago artifical de toda África. Esta usina é a que fornece a maior quantidade de energia elétrica para a África, abastecendo Moçambique, África do Sul e Zimbabwe (em negociações com o Malawi).

O lago artificial que é formado pela usina é simplesmente LINDÍSSIMO. A água é verde e cria uma paisagem maravilhosa que pode ser olhada por qualquer ângulo que será sempre bonita. Existe uma volta de barco que pode ser dar, que dura em torno de 3h30min e que tu percorre boa parte do Zambezi até chegar perto da barragem da Usina, porém dessa vez a gente passou pois devido a sequela mental que tivemos da festa do sábado a noite, não conseguimos ir cedo lá para pegar o barco. Como tinhamos gostado tanto da viagem, prometemos ir juntos novamente lá para andar no barco e conhecer o resto que faltou.

Vou deixar as fotos mostrarem melhor para vocês a paisagem lindíssima que dá para encontrar lá. Nas fotos panorâmicas, cliquem nelas para ver em um tamalho melhor, são lindas.

Todo mundo vendo a barragem. O único jeito de tirar a foto foi nesse ângulo eheheheh
Feio... Muito feio! Barragem de Cahora Bassa. Esse é o 4 maior lago artificial de toda África.
Quase a mesma, em outro ângulo. Não sabia qual escolher, pus as duas! 🙂
Tinha que ter uma comigo junto né?!
Uma paisagem feia que tinha no caminho. Clique para ver maior e veja a beleza!

Agora fotos de outro ângulo que procurei no Google.

Cahora Bassa de um ângulo que eu pude tirar dessa vez. Fonte: http://heritage.eskom.co.za/
Usina de Cahora Bassa de um ângulo que eu não pude tirar dessa vez. Fonte: http://heritage.eskom.co.za/
Cahora Bassa - Novamente um ângulo que não pude registrar. Fonte: http://www.globaleye.org.uk
Usina de Cahora Bassa - Novamente um ângulo que não pude registrar. Fonte: http://www.globaleye.org.uk

Além disso, na domingo antes de voltar, descemos pra mais perto do Rio e almoçamos em um restaurante bem bom “Tiger Lodge”. Na verdade ele é mais que um restaurante, é uma pousada, mas nós usamos só o restaurante. A comida DEMOROU pra vir, mas veio BEM servido. Nossa, como veio…

Alias, abrindo um parênteses da viagem, puta merda, os restaurante são MUITO lentos aqui. Quando tu vai pra comer, tem que estar sempre consciente que o treco vai demorar… Fecha parênteses.

No restaurante, indo embora já.

Lá neste restaurante, tinham uns embomdeiros lindos também. Resolvi tirar uma foto de perto para finalmente dar uma noção do tamanho que são essas árvores. Olhem isso.

E ai, deu pra ter uma noção do tamanho? Esse não é o maior que eu já vi.
E agora?! Olha que eu tenho uma envergadura grande... (ui...)

Ah, e claro, como toda a viagem, tem que dar algum pau. No restaurante Tiger, logo antes de irmos embora a bateria do carro do Apolinário morreu. Ainda bem que o homem é Engenheiro da área de manutenção, que ele deu um jeito bem rápido.

Ainda bem que tinha um engenheiro de manutenção ali... Senão tinha ferrado tudo. eheheheh

Alias, agradeço a companhia de todas as pessoas que foram comigo e fizeram a viagem ser muito divertida e valer a pena. Apolinário, Helena e seus filhos, Lúcia, Bruna, Jorge, Gibba, Oscar e Afonso. Valeu pessoal!!!

Toda a galera.

Como eu falei, esse é para ser um post bem visual, sem muito drama. O resumo de tudo é que o lugar é lindo, quero muito voltar para lá, a parceria que tivemos foi muito legal, todo o pessoal que foi estava numa “vibe” muito boa e em geral a viagem foi muito barata também.

É isso galera, vejo vocês por ai.

Tiago

Anúncios

13 comentários sobre “Lobisomem no Songo

  1. Lobisoma bem tetuda! Tava dando de mamá!
    fantástica esse interação com as crianças na propagação da cultura gaúcha de raiz!
    E a propósito, aquele lugar é PERFEITO pra fazer uma hidrelétrica 🙂

    grande abraço e estamos quase com 2.7!!! vou comemorar em sm esse ano! deixamos nossa festa pro 2.8 sabe Deus aonde!

  2. Tiaaaago!! Eu não acredito que tu ensinou essas crianças a cantar essa música!! HAHAHAHAHA
    Tinha que dar um jeito de mandar esse vídeo pro próprio Mano Lima!! HAHAHA Mto orgulho de ser gaúcho nessa hora 😀

    Aqui em casa tive que mostrar o vídeo pra todo mundo, hahaha Todos te mandam os parabéns pela propagação da nossa cultura, ainda mais no mês farroupilha!! 😀

    Abraçao pra ti, guri!
    Da once and forever English teacher, hahahaha
    Danni

  3. façamos um brick.. tu me manda uns 20kg desse camarão e eu te mando 2 cxs de polar, serve? ;~

    HSAIUHASIUHAIS sério.. que camarão é esse?! MUITO grande!

    adorei o post! lugares lindos e pessoas felizes 😀 beijão guri!

  4. Parabéns!!! Tiagão!!! cara esta muito divertido esse teu blog! e até pra ler é legal! da trabalho procurar varias coisas pra fazer link! na rede mundial de computadores! sério! vi que tem um baobá ou “Adansonia digitata” (que tem em torno 2 mil anos) na província do Limpopo, África do Sul! legal!? né!? abração!!! ja estou esperando o próximo!!!

  5. Fiquei um tempinho sem visitar seu blog e tirei uma conclusão: não fico mais!
    A-do-ro os posts fotográficos! Memorável seu registro de Moçambique!
    Continue aproveitando, mesmo as mais simples situações!
    Tudo de melhor pra você! Cumpleaños feliz!!! 😀
    Aproveite essa grande experiência! Estarei sempre torcendo por você!
    (como quase tudo no meu trabalho é bloqueado, fico devendo recadinhos no orkut e facebook! =p)

  6. Cara,que fotos interessantes ! 🙂
    Tô te falando que todo esse material depois deveria virar um belo de um livro,com direita à ida no Programa do Jô logo em seguída… 🙂

    ah,e ainda está bebemorando o seu aniversário ? 🙂

    abração e um bom final de semana ! 🙂

  7. Obrigada por publicar essas fotos!
    Vivi muitos anos na vila do Songo,e deu para matar umas saudades com esta página…

    Espero que tenham gostado de lá estar,é sem dúvida um sítio maravilhoso!

    P.S:Ficaram alojados mesmo pertinho da minha casa…hehe

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s